LAMBE-LAMBE

BADU

Sou Badu, tenho 25 anos e desde criança divido uma paixão por desenhos, cores e criações. Com 16 comecei me aventurar na técnica de graffiti urbano e nunca mais parei, era um paralelo entre a minha vida real, minhas frustrações, descobertas de identidade e minha arte nas ruas, onde conseguia me conectar com o externo e colocar minhas expressões internas pra fora, pro mundo! Eu mal sabia que isso me faria aprender tanto sobre mim e que me levaria tão longe, me traria até aqui. Hoje posso viver e continuar acreditando naquilo que mais amo fazer que é me expressar de forma artística e visual.

 

Bairro: Estância Jaraguá, São Paulo

ARTISTA BADU.png
IMG_8179
IMG_8179

press to zoom
IMG_8177
IMG_8177

press to zoom
IMG_8180
IMG_8180

press to zoom
IMG_8179
IMG_8179

press to zoom
1/3

MAYARA AMARAL

Mayara Amaral é uma artista multidisciplinar residente da zona leste de São Paulo. Teve seu primeiro acesso relacionado a arte por volta dos 10 anos no projeto social Clube escola Curuçá no qual desenvolveu seu primeiro curso de pintura e modelagem com argila.

Saindo do ensino médio cursou técnico em estilismo e coordenação de moda tendo ali um contato inicial com o universo da moda.

Em 2015 conclui sua formação no curso de Licenciatura em Artes Sociais pela FPA e segue atuando nas áreas de artes plásticas, grafitti e outras linguagens.

A feminilidade negra, sexualidade, corpos de variadas formas, maternidade, movimentos urbanos e a procura por um fazer artístico livre com o abstrato são alguns dos temas atuais no trabalho da artista.


Bairro: Parque Paulistano - São Paulo

ARTISTA MAYARA AMARAL.png
obras_MayaraAmaral_3_page-0001
obras_MayaraAmaral_3_page-0001

press to zoom
obras_MayaraAmaral_2_page-0001
obras_MayaraAmaral_2_page-0001

press to zoom
obras_MayaraAmaral_1_page-0001
obras_MayaraAmaral_1_page-0001

press to zoom
obras_MayaraAmaral_3_page-0001
obras_MayaraAmaral_3_page-0001

press to zoom
1/3

ANDRÉ FIRMINO

André Firmiano (São Paulo, 20 de Setembro de 1984) é um artista plástico brasileiro, Conhecido por seu trabalho de grátis, murais, ilustrações e pinturas em tela. Já realizou exposições e exibições em cidades do como Rio de Janeiro e Curitiba; E em países como EUA e Inglaterra. Na vida política, é militante do movimento negro tendo participado do Coletivo Sistema Negro.

Na infância, André teve seu primeiro contato com desenho reproduzido personagens dos programas infantis, depois o interesse por Histórias em Quadrinhos fez com que criasse seus primeiros personagens e narrativas. Com 11 anos entrou para a equipe de basquete da cidade de Guarulhos e a partir disso teve contato com a cultura Hip-Hop e o Grafiti.

Em 2012 participou de uma grande amostra dedicada a Street Art, CORKED Show em Londres. Em 2014 junto ao projeto Revivarte foi contemplado pelo edital para a pintura da fachada do conjunto habitacional Parque do Gato (SP). Em 2015 ingressou ao coletivo de artistas Sistema Negro, voltado para a produção e disseminação de conteúdo voltado as questões da negritude e da cultura afro-diaspórica, realizando intervenções artisticas e projeções durante a Virada Cultural, SP na Rua e Festival Cocidade.

Como Arte educador trabalhou nos projetos sociais sempre nas linguagens de Artes Visuais para crianças e jovens.

ARTISTA ANDRÉ FIRMINO.png
Arte Andre
Arte Andre

press to zoom
Arte Andre
Arte Andre

press to zoom
1/1

MARKUS CZA

Sou Markus Cza artista independente Estudo na instituição (FMU) cursando Artes visuais.

Iniciei minha jornada artística no grafite, participei de projetos culturais e ministrei oficinas, experimentei outras linguagens como a costumizacao de roupas e pintura em telas e hj realizo todas essas linguagens de acordo com a necessidade da minha arte circular em ambientes diferentes.

Já Realizei trabalhos com marcas de roupas, clipe de música e exposições coletivas onde pude colocar minhas obras em diversos suportes.

Minhas principais referências são artistas negros da arte urbana do Brasil e fora e tambem gosto muito de observar a Cidade os sons, as cores e seus conflitos matinais.

Ao meu ver a arte assume o papel de transportar um sentimento quase invisível ou invisibilizado para lugares visíveis de observação e debate.

ARTISTA MARKUS CZA.png
IMG-20210709-WA0016
IMG-20210709-WA0016

press to zoom
IMG-20210709-WA0019
IMG-20210709-WA0019

press to zoom
20210712_141213
20210712_141213

press to zoom
IMG-20210709-WA0016
IMG-20210709-WA0016

press to zoom
1/3